Dica para escritores iniciantes #2

0 Comments

Olá, pessoal.

Primeiramente, queria dizer que você pode assistir a essa dica em vídeo. 


Caso prefira ler, é só continuar.... 

Bem, em todos os hangout's que fiz ou eventos literários que vou, sempre pedem uma dica para quem está iniciando nesse meio. Eu sempre disse que é importante ter paciência, não atropelar os bois, pois na ansiedade de ver o seu texto ser transformado em livro, pode acabar publicando algo que não estava bom ou se metendo em alguma enrascada com editoras que não são profissionais.

Não, não estou aqui para falar de editoras, quero falar sobre paciência.

Quando escrevemos nosso texto pela primeira vez, é muito raro que ele esteja pronto para ser publicado e comercializado. É por esse motivo, entre vários outros, que as editoras grandes e tradicionais raramente publicam um autor desconhecido, pois ele ainda não está maduro, nem seu livro, para entrar MESMO no mercado literário. 
Sendo assim, é necessário que você tenha isso em mente e trabalhe no seu texto. Leia e releia várias vezes para reescrever trechos que não estejam bons, pegar falhas, melhoras falas e descrições. Mas não só isso, é importante que outras pessoas leiam seu original. Aí que entra o que eu quero dizer para vocês e que eu queria que tivessem me dito lá em 2013, quando comecei.

Procure um profissional literário para te dar um feedback. Há várias pessoas que trabalham com leitura crítica, copydesk, coaching, doctor book... e outros serviços que buscam o aprimoramento do seu texto.
Fazendo isso, você estará deixando-o pronto para ser recebido por um editor e pelos leitores. Fora que mostrará seu comprometimento profissional para a editora.
Há processos, dentre esses que citei, que são feitos por agências literárias e isso pode, também, te render um agenciamento e fazer com que sua história chegue com outra cara naquela editora que você tanto almeja.

Quando estamos ansiosos, ignoramos o fato de que a história precisa ser lapidada antes de publicarmos, nos arriscamos a receber críticas duras por parte dos leitores e blogueiros. É através deles que nos consolidamos no meio literário. Através de suas resenhas e indicações. Se a história não está boa, não vamos conseguir conquistá-los, mas vamos afastá-los e ainda receber resenhas negativas.
Se você tiver paciência e trabalhar em sua obra, as chances de agradar são muito maiores.
Então, você deve estar pensando naquele autor que nunca fez nada disso (ou achamos que não fez) ainda assim, ficou famoso, pois conseguiu um milhão de leituras no Wattpad ou na Amazon e foi convidado para publicar por uma editora.
Ok.Mas não sabemos se a pessoa não estudou mesmo antes, sabemos? Prefere arriscar?

Além dos profissionais do meio, também é importante que você, como autor, estude. Não estou falando de gramática, é claro que ela é importante, mas estou falando de narrativas, construção de personagens, plot’s e tantas outras coisas que compõem uma história. Quanto mais você souber, menores as chances de falhar.
Um médico precisa estudar medicina, não é mesmo? Um advogado, direito.... Bem, não estou falando para você cursar letras ou outra faculdade, mas ler sobre estruturação de texto, semântica e outros assuntos que te ajudarão. Ou fazer cursos com outros autores que te ensinarão isso.

Bem, isso tudo custa dinheiro e um bom dinheiro, é claro! Você deve estar desanimado ou indignado. Mas calma! Há solução...
Se você não pode pagar um profissional para avaliar seu original, pelo menos, procure betas. Há leitores que são mais críticos e pegam com mais facilidade as falhas que cometemos na nossa história. Leia livros sobre escrita, como do King, ou A Jornada do Herói. Isso tudo pode te ajudar a ter um original melhor e ter alguma chance quando ele chegar na mesa do editor.

Eu queria que tivessem me dito isso. Apesar de ter procurado uma leitora crítica, não creio que tenha sido o suficiente. Hoje, estou trabalhando no texto com o auxílio do coaching literário e vejo o quanto isso muda tudo.
É claro que essa dica é mais válida para quem quer seguir a carreira e viver de escrita. Se você escreve apenas por hobby, pode se dar ao luxo de continuar escrevendo apenas com paixão.

 Espero que essa dica tenha ajudado alguém e que vocês consigam conquistar seus sonhos. 

Um beijo!







You may also like

Tecnologia do Blogger.